terça-feira, 14 de junho de 2016

Paz e a alegria do encontro

João busca paz para a sua aposentadoria: havia feito uma boa previdência privada enquanto trabalhava; comprou um apartamento confortável e um carro novo. Acreditava que ao ingressar na terceira idade finalmente teria paz e tranquilidade. Entretanto, nada disso lhe trouxe a paz: ela só chegou quando, certo dia, recebeu um folheto com uma mensagem cristã; Jesus havia lhe encontrado e a paz havia, finalmente, chegado à sua vida.
Quantas pessoas correm atrás da paz que este mundo oferece, não é mesmo? É evidente que pensar no futuro e na estabilidade financeira mostra uma boa administração da vida e dos bens que Deus nos dá. Entretanto, nada deste mundo pode trazer-nos a paz. A paz que o mundo dá não desfaz o medo e não há paz neste mundo que nos possa fazer enfrentar os desafios desta vida sem ficar aflitos e com medo.
A paz que Jesus nos dá garante que, aconteça o que acontecer, Ele sempre estará ao nosso lado, com a palavra certa, com o ombro amigo, com o perdão de que necessitamos para termos paz já nesta vida e na eternidade. Quando não temos medo do que vem após a morte, lançamos fora o medo e a aflição; quem permanece firme na fé até o momento da morte, tem a paz que, de fato, só Jesus pode dar.
Vamos usufruir desta paz em nosso dia a dia, em nossos relacionamentos, ali onde vivemos. A paz de Jesus é de graça, e por graça, a todos nós!
Tiago José Albrecht


Encontro de Blogueiras do RJ - clicke leia

3 comentários:

Anete disse...

Somente Nele encontramos a verdadeira paz! Podemos ter tudo, mas, se ELE não for o nosso Deus, a vida é mesmo vazia...

Ainda bem que O encontrei ainda na infância...

Um abraço...............................

Bell disse...

A paz do mundo é passageira, a de Deus eterna.

bjokas =)

✿ chica disse...

pELO QUE VI FOI UM SUCESSO,MUITO LEGAL!vALE MUITO,NE?Agradeço o carinho por lá, deixo um bjs praiano,chica