segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Para refletir!

Agimos de acordo com nossos medos e é pela fuga do medo que construímos nossa ética. Se somos todos selvagens, estrangeiros uns dos outros ou lobos de nós mesmos, não há qualquer possibilidade de vida tranquila; e, se não vivemos tranquilos, não há esperança e nos protegemos, buscamos abrigo num acordo com os outros. Mas até que ponto esta tranquilidade é realmente possível?
A solução para garantir a segurança à espécie humana foi a criação da sociedade, o estabelecimento de um contrato; mas como entrar em sociedade num mundo de selvagens? Não há qualquer garantia espontânea de que iremos nos manter em acordo por livre escolha. O que queremos é usurpar o outro; nossa ética é a ética da necessidade.



Thomas Hobbes estava enganado ao considerar que a criação de um soberano, materializado na figura de um rei ou de um Estado, seria capaz de nos aliviar o medo ou corrigir nossas condutas. Não, ao contrário: instaura um medo agora burocratizado, um medo que se traveste de segurança. Viramos escravos de uma entidade abstrada chamada governo. Somos peças inertes frente a uma ideia falsa e aniquiladora chamada democracia.
Flavio Tonnetti e Arthur Meucci


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Foco e determinação

Ter um ideal é o único meio de fazer algo e de chegar a ser alguém. Quando um homem sabe aonde vai, todos se afastam para dar-lhe passagem; o que falta é vontade de vencer.


Os êxitos acompanham mais os constantes do que os fortes.
Alfonso Milagro


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Tome uma atitude!

Atitudes consciente e amorosamente assumidas são a chave para um viver em sintonia com nossa verdadeira Essência. Que tal, hoje, tomarmos uma ATITUDE CONCENTRADA?
Quando as distrações na mente começam a desviar a nossa percepção de um caminho construtivo, é preciso parar e concentrar a atenção naquilo que é verdadeiramente relevante ao momento presente. A mente superior, aquela parte clara, luminosa e criativa de nós mesmos, está sempre disposta a nos servir. A energia segue o pensamento e a nossa atenção consciente é que vai determinar o modo como criamos a vida instante a instante. Uma atitude concentrada diante de certos desafios multiplica a nossa energia e evita acidentes desnecessários.


Vamos praticar?
- Uma vez por semana, tente realizar algo prestando atenção aos mínimos detalhes, bem concentrado no que está fazendo. Por exemplo: regar as plantas em casa, lavar ou passar roupas...
- Se você for do tipo apressado, diminua sua velocidade em 50% e aprecie as coisas a sua volta...
- Dedique pelo menos 10 minutos por dia para escutar as pessoas, escute-as com toda atenção...
- Em intervalos regulares durante o dia, procure imaginar como determinada pessoa das que você ama está se sentindo e envie-lhe vibrações “concentradas” de amor.


E, pra terminar, não se esqueça que ao mudar as atitudes internas de nossa mente, podemos mudar os aspectos externos de nossa vida. Concentre-se mais no que faz e seja mais feliz!
Sônia Café