terça-feira, 27 de junho de 2017

Vivendo um dia de cada vez


Embora nossa mente tenha um poder ilimitado para criar a realidade que deseja, os limites, obviamente, existem: não podemos controlar o tempo ou as estações do ano ou o comportamento de outras pessoas; também dispomos de uma quantidade limitada de paciência, conhecimento, dinheiro ou habilidade nos negócios aos quais recorrer numa tomada de decisão.
Precisamos aceitar nossas limitações como elas existem nesse momento; isso não significa que a situação não mudará no futuro, mas até que isso aconteça, precisamos aceitar o que é. Restringir os gastos financeiros, diminuir os compromissos com outras pessoas, controlar o desejo de influenciar os outros, deixar a cautela tomar o lugar que qualquer comportamento extravagante e estabelecer um plano nos ajuda a atravessar as atuais circunstâncias.
Sendo pacientes por algum tempo, evitamos cometer erros e ficar oprimidos por possibilidades ilusórias. É importante saber usar o momento presente para nos conhecer melhor e planejar a melhor forma de ação quando as circunstâncias mudarem. 
Dick Sutphen


4 comentários:

✿ chica disse...

Muito bom,Tetê! Em um só dia quanto vivemos e aprontamos...Imagina se formos adiantar,rs... Adorei! bjs, tudo de bom,chica

Anete disse...

Muito bom ler este texto... Um dia de cada vez, passo a passo... Avaliar sempre e não se inculcar tanto! Deus no controle nos fortalecendo, socorrendo e nos conduzindo para o alvo...
Bjs

PAULO TAMBURRO. disse...

OLÁ,
Cheguei até você através do belíssimo blog CASA DE MADEIRA da Janicce o qual sou seguidor faz muito tempo e quando li seu comentário sobre anjos tive a ideia de convidar você para que conheças os meus blogs .Ficaria muito honrado de pudesse ter você como minha leitora e quem sabe seguidora. Afinal a gente escreve para alguém concorda? A maioria dos seguidores da Janicce são meus também , mas no seu caso acho que não. Vamos compartilhar?
Fique com Deus.
Um abração carioca.

Gracita disse...

Oi Tetê
A palavra que melhor se adapta é discernimento e sensatez
Agir por impulso nos traz consequências desastrosas.
E o melhor é planejar com calma e deixar de lado as nossas ansiedades e tudo fluirá para o bem
Beijos e uma boa semana