quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Ecologia e turismo

Você sabe que só amamos o que conhecemos e só conservamos o que amamos, né? O Pantanal é o maior bioma brasileiro, a maior planície alagável do mundo! E, também o menos conhecido por nós brasileiros... 
Tem vontade de conhecer o Pantanal, mas não sabe por onde começar? Confira a lista abaixo e não esqueça: na mala não pode faltar tênis confortáveis, boné ou chapéu, protetor solar e repelente… E, é claro, muita disposição!


Pra começar, uma das melhores opções é visitar a Estrada Parque que possui 120 km de extensão entre as cidades de Corumbá e Miranda e oferece dezenas de pontes para parar e observar os animais da região como jacaré, paca, capivara, tamanduá, macaco, quati e, se der sorte, até onça. A sugestão é ir com um tour organizado com guia, porque o passeio fica mais rico. Mas se quiser ir dirigindo o ideal é alugar um 4×4, pois em algumas épocas do ano – normalmente de janeiro a junho, a estrada pode conter partes alagadas. Esse é um passeio que pode ser demorado (cerca de quatro horas), e como todo o trecho é de estrada de chão a dica é reservar o dia e não esquecer a água, repelente e um lanchinho.

Ir ao Pantanal e não passear de barco é como ir ao Rio de Janeiro e não visitar o Cristo Redentor! E opções não faltam. Há desde os barcos luxuosos, com refeições incluídas até os barcos a remo em que cabem poucas pessoas. As embarcações menores são mais genuínas e o passeio fica mais interessante com aquele barqueiro pantaneiro que tem os olhos treinados para mostrar os jacarés e belas aves do Pantanal.

A focagem noturna é outro passeio imperdível! De barco ou de carro, o objetivo é visualização de animais como jacarés, cervos, lobos, e, é claro, as famosas onças! Muitos desses animais têm hábito noturno, o que facilita achá-los, e quando isso acontece, a emoção é muito grande. Essa modalidade demora em torno de 2h30 e é mais focada nos adeptos de aventura! Várias pousadas fazem esses passeios nas trilhas das propriedades ou em rios próximos. Vale a pena conferir!

Para encerrar a nossa lista em alto estilo está o passeio a cavalo, que, segundo os pantaneiros, é a melhor forma de conhecer a região. Opções não faltam. As diversas pousadas e empresas de turismo oferecem a atração. Com cerca de duas horas os trajetos são por áreas alagadas, pastos, campos abertos, cordilheiras, corixos e lindas paisagens pantaneiras. Os cavalos são bem tratados e obedientes. Esse é um passeio obrigatório! Nada como se sentir um pouquinho pantaneiro, não é mesmo?
matéria de Rafael Ferreira para ((o))eco 
Fotos: Valdemir Cunha; Daniel de Granville; Haroldo Palo Jr. 


4 comentários:

✿ chica disse...

Gostei de ver e ler! E vi teu novo blog, o dos momentos,Mas não tem como comentar,né? bjs, chica

Anete disse...

Oi, Tetê... Deve ser um passeio lindíssimo!... Aventura com grande emoção...
Tou dando uma saidinha por aqui por perto... De lá, postarei um pouco...
Vamos curtir a vida c alegria e louvores cada vez maiores...
Bjs

Regine Karpel disse...

Great

Zulmira Romariz disse...

Amiga que boa anfitriã, quero fazer muitas viagens, bjs