terça-feira, 19 de abril de 2016

Diário de Bordo - Campos do Jordão

Saímos de Araruama dia 14 de abril, uma quinta feira,  as 6h da manhã. Almoçamos no caminho e as 15:30h +ou- chegamos em Campos do Jordão. Nos instalamos no Hotel Monte Carlo, bem próximo à Praça do Capivari onde o buchicho da cidade se concentra. Deixamos as malas e saímos eu, Beth e Andreia para o reconhecimento dos arredores. Logo encontramos um lugar para jantarmos e fizemos nossas primeiras comprinhas na feirinha de artesanato. Voltamos ao hotel para um banho e dar um tapa no visual para sair de novo as 20h+ou-. A temperatura estava agradável (19º sem vento), saboreamos caldos, conversamos e com o frio começando a incomodar (10º as 22:30h+ou-) voltamos para o hotel. O corpo pedia cama e cedemos à sua vontade.
A sexta feira, 15 de abril, amanheceu ensolarada e logo depois do café da manhã saímos para um tour pela cidade. Visitamos alguns pontos turísticos (Mosteiro São João, Portal da Cidade, Palácio do Governo, percorremos os bairros, fomos até a Ducha de Prata) tendo parado para o almoço. Retornamos ao hotel por volta das 17h e a temperatura já estava mais baixa que no dia anterior (20º nesse horário). À noite saímos mais cedo para jantar (eu e Beth comemos pizza quadrada e Andreia se meteu a comer o Pastelão do Maluf - um pastel de aproximadamente 30cm, super desajeitado de comer e demos boas risadas!) e não conseguimos ficar muito tempo na rua. As 21h o termômetro em frente ao hotel marcava 14º e optamos por papear ao redor da lareira na recepção do hotel. Muito agradável, por sinal.
No sábado, 16 de abril, o grupo foi dividido para o passeio de trem e eu e Beth ficamos no grupo da tarde, tendo então a manhã livre. Partimos para subir o Morro do Elefante, mas cadê coragem de encarar o teleférico de singelas cadeirinhas e “voar” balançando as perninhas? Na-na-ni-nã-não! rs rs rs Perguntamos a um taxista por quanto nos levava lá em cima: R$30,00 e ele esperava para tirarmos fotos e percorrer a feirinha de artesanato. No teleférico íamos pagar R$15,00 cada uma, subimos de taxi! Uma vista encantadora... vale a subida! Ficamos lá uns 30 minutos, descemos e ficamos lá na praça vendo o pessoal pendurado nas cadeirinhas e curtimos as lojinhas de artesanato. Retornando para almoçar, passamos numa rua com várias estátuas de gesso e fizemos muitas fotos divertidas! Almoçamos e fomos para a Estação Emílio Ribas onde nos reunimos com parte do grupo e embarcamos no trem rumo a Santo Antônio do Pinhal. Uma delícia de passeio! Eu amo andar de trem e de barco! Na estação, um mirante com uma vista magnífica das cidades de Pindamonhangaba, Tremembé e Taubaté e um bolinho de bacalhau com suco de uva integral... Perfeito! Retomamos a viagem de volta e as 17:30h +ou- chegávamos ao hotel e Andreia nos esperava para combinar a noite. Como na sexta, a temperatura já estava baixando e combinamos sair logo às 19h. Tomamos um banho, trocamos de roupa e dessa vez Maria, que dividia o apartamento com a Andreia juntou-se a nós. Optamos por X-Burger e ninguém se arrependeu: delícia de X-Burger! Mais uma vez o frio nos levou de volta ao hotel para o aconchego da lareira. Esqueci de falar que, no apartamento, chegávamos a sentir calor com o aquecimento. O banho, com água de caldeira, uma delícia de quentinho!
Tudo que é bom dura pouco e o domingo chegou, 17 de abril, um sol lindo e temperado (dias sem uma gota de suor apesar do sol e dos passeios ao ar livre!) e logo após o café da manhã, fechamos nossas malas e saímos para nos despedirmos das montanhas e pinheiros. Caminhando e pedindo informações chegamos ao Restaurante Crocodilo - a entrada é pela boca enorme de um crocodilo e fizemos muitas fotos divertidas! O tempo voou, retornamos para despachar as malas e as 11h deixávamos Campos do Jordão. 12:30h+ou- paramos para almoçar e, graças a Deus, fizemos uma viagem tranquila. Estávamos receosos de encontrar algum tumulto devido a votação no Congresso, mas estava tudo na mais perfeita ordem na Dutra. Não passamos na Av. Brasil, nem em Niterói porque agora temos o Arco Metropolitano que, apesar de ser um percurso mais longo, nos livra de engarrafamentos e possíveis confusões. As 19h chegávamos em Araruama e em meia hora o ônibus nos deixou aqui na esquina.

Agora eu posso dizer que conheci Campos do Jordão, porque da primeira vez que estive lá, foi no finalzinho do Festival de Inverno e a temperatura não passava de 10º durante o dia, á noite chegava a 0º  e eu quase congelei. Fui para passar 4 dias, no segundo voltamos correndo pra casa! rs rs rs Agora aprendi a melhor época para curtir a temperatura agradável, o caminhar no tapete de plátanos, saborear caldos deliciosos e babar com tanta roupa de lã que fica só na vontade de comprar porque aqui não tenho como usá-las. Até comprei um chalé bem bonito pensando no final de semana em São Lourenço em julho, porque aqui em Araruama ele vai ficar é no armário!


Curtam as fotos! Deixo poucas aqui, mas no álbum você podem curtir melhor e com legenda! Clik aqui


7 comentários:

✿ chica disse...

Puxa, foi mais uma viagem bem legal! E aproveitaste bastante e curtiste além de todas as belezas, um bom friozinho! Coisa boa! Aqui estamos no FORNO ALEGRE! Credo!Adorei as fotos! valeu! bjs, tudo de bom,chica

Zulmira Romariz disse...

Que dias espetaculares, pena eu não ter ido com vocês, se pudesse bem ia, bjs amiga

Mariangela do lago vieira disse...

Oi Tetê que delícia de passeio, você como sempre faz ótimas escolhas!
Me deu saudades do friozinho...rss
Beijos amiga!
Mariangela

Renata Guidinha disse...

Que maravilha Tetê! É muito bom fazer estas viagens, né? Gosto muito de Campos do Jordão em qualquer época do ano. Frio não me assusta, já é minha rotina,rsrs Desejo que possa continuar por estas estradas viajando muito e sendo feliz. Bjks

Anete disse...

Campos do Jordão é muito joia e vocês aproveitaram muitíssimo bem!
Fotos legais, vale demais curtir o friozinho num lugar tão agradável...
Gostei dos detalhes de viagem...
Abração


Maria Luiza disse...

Tetê, bem, a viagem pela sua e espiar as fotos! Muito legal! Beijinhos!!

Clau disse...

Oi Tetê :)
Que delícia de passeio,
e as fotos são incríveis!
Adorei ler seu diário de bordo!
Bjs ;)