quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Evite o desperdício!

Um terço da comida do mundo vai para o lixo... Só no Brasil 49 milhões de quilos de comida vão para o lixo todos os dias!
Milhões de pessoas passem fome ao redor do globo, e ainda assim, um terço de toda a comida produzida no mundo se perde ou é desperdiçada a cada ano. De acordo com o relatório da FAO, a quantidade de alimentos perdidos é praticamente igual nos países ricos e nos em desenvolvimento, o que muda é o padrão do desperdício: nas nações mais pobres as perdas decorrem basicamente da infraestrutura deficiente e dos baixos níveis de tecnologia para colheita, processamento e distribuição dos produtos. Já nos países ricos o principal problema é que muitos alimentos em perfeito estado são jogados no lixo pelas redes varejistas e consumidores. Anualmente, a população desses países joga fora quase tanta comida quanto a que é produzida em toda a África subsaariana.
Além de representar grande contradição em relação ao grave problema da fome no mundo, o desperdício de alimentos aumenta o gasto de recursos - como água, terras, energia e trabalho, utilizados na sua produção. Uma pesquisa recente do Reino Unido mostra que, por ano, a quantidade de água despendida no cultivo de alimentos que nem chegam a ser consumidos é duas vezes maior que a utilizada para lavar e beber, por exemplo.
Faça a sua parte para reduzir o desperdício de comida: faça a tradicional listinha dos itens em falta antes de ir ao supermercado; compre somente a quantidade de comida e bebida que estima que será realmente consumida; não se deixe seduzir por promoções do tipo “leve 3 pague 2”; na feira, prefira legumes com um pouco de terra, pois duram mais. Só os lave na hora do preparo; aproveite os alimentos integralmente: talos de couve, beterraba, brócolis e salsa, por exemplo, contêm muitas fibras e podem ser consumidos refogados, no feijão ou em sopas. Folhas de cenoura são ricas em vitamina A e podem ser aproveitadas para fazer bolinhos, sopas ou mesmo em saladas.
Luana Caires de ((o))Eco


5 comentários:

Gracita disse...

Oi Tetê
É preciso combater essa cultura do 'Deus proverá" e desperdiçar comida quando tantos morrem de fome. Deus proverá sempre mas cada um tem que fazer a sua parte. É revoltante saber e ver tanta comida jogada no lixo ou se perdendo nas lavouras
Um excelente artigo minha amiga
Beijos

✿ chica disse...

Belo texto e recado,Tetê! E adorei que estás aproveitando o teu marzão! Isso mesmo! bjs praianos,chica

Anete disse...

Pois é, vamos economizar mais e gostei das dicas...
Um bj...

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite amiga.
Que felicidade de te ver por aqui. Está certissima, passei muito tempo, vendo meu irmão todos os dias jogando comida fora. Fazia sempre o prato e comia uma pequena parte do que colocava, falava e ele nem ligava. É minha amiga as pessoas por mais que saiba que é errado, continua não ligando, não pensando de como deve ser ruim para quem nada tem. Enfim graças a Deus a minha filha e eu, jogamos fora o minimo possivel. E em breve vou seguir as suas dicas e passar a não jogar nada no lixo, essa é a minha meta. Pois é o correto. Um lindo fds. Beijos.

xunandinha disse...

Olá teté finalmente regressei e decidi visitar as pessoas das que não esqueço certo é que não vejo noticias suas no meu blog.
Em Lisboa e penso que está a alastrar por todo o Portugal, mas pelo menos em Lisboa sei que há uma rede de refod em que passam nos restaurantes e todas as sobras, sopa,segundo e doces são guardadas os voluntários distribuidos por várias zonas, recolhem tudo o que sobrou no dia depois vão entregar no Centro de acolhimento de refeições onde fazem a distribuição pelos mais necessitados é que por vezes iam panelas de arroz ,batatas, sopa tudo ia para o lixo pois não podia ser servido no dia seguinte é proibido, cada vez mais têm mais voluntários e mais restaurantes, cafés têm aderido.
um abraço