quarta-feira, 8 de junho de 2016

Onça-pintada em registro raro

Uma armadilha fotográfica registrou a presença de uma rara onça-pintada (Panthera onca) no Parque Estadual Serra do Mar (SP). A espécie, ameaçada de extinção, não era avistada na unidade de conservação há muitos anos. A armadilha registrou o animal em duas ocasiões: uma em dezembro de 2015 e outra em janeiro de 2016, ambas do mesmo indivíduo. O registro incomum aconteceu a apenas 200 metros da cidade de São Paulo e animou pesquisadores.


A onça-pintada que aparece nas imagens aparenta ser um indivíduo adulto, mas ainda não se sabe precisar se o animal é macho ou fêmea. Infelizmente, o vídeo da armadilha foi corrompido e o que aparece são apenas imagens estáticas da onça. Novas armadilhas 
deverão ser colocadas em locais diferentes dentro do parque para responder essa dúvida.
O Parque Estadual Serra do Mar é a maior porção contínua de Mata Atlântica no Estado de São Paulo e a maior UC do bioma. São 332 mil hectares, que abrangem 25 municípios paulistas, conectando as florestas da Serra do Mar desde o Rio de Janeiro e Vale do Ribeira, até o Paraná. Por conta da sua extensão, o parque é gerenciado por meio de núcleos administrativos: Bertioga, Caraguatatuba, Cunha, Curucutu, Itariru, Itutinga Pilões, Padre Dória, Picinguaba, Santa Virgínia e São Sebastião.
O recente registro foi feito no núcleo Curucutu, uma antiga fazenda produtora de carvão que foi adquirida pelo estado em 1958 com o objetivo de ser transformado em uma reserva florestal. Esse núcleo tem 37,5 mil hectares e sua área se estende por parte dos municípios de São Paulo, Juquitiba, Mongaguá e Itanhaém.
Por Daniele Bragança para ((o))eco


5 comentários:

Zulmira Romariz disse...

Que belo animal Tetê, gostava de ver ao vivo, bjs amiga

✿ chica disse...

Que lindo,Tetê! Interessante e um lindo registro esse!Adorei! bjs, chica

Anete disse...

Gostei do registro que nos trouxe.
A onça é um animal muito bonito. Gosto de ir a zoológico quando tem muitos animais e é organizado!
Um abraço de boa noite...

Bell disse...

Esse parque é enorme pega toda extensão do litoral norte. Linda essa onça né?
bjokas =)

Toninho disse...

Que bela informação nesta partilha Tetê.
Imagino a alegria dos pesquisadores.
Oxalá consigam mais registros e creio
que deve ser casal.Oxalá.

Grato amiga.
Abraços