sábado, 14 de novembro de 2015

Exuberância na simplicidade

Mais um sábado, mais um BRINCANDO COM A CHICA! A cada semana Chica nos dá mais uma palavra bem sugestiva:


Raquel... ela era uma menina de classe média, pai e mãe professores, uma vida simples, numa casa modesta mas ali reinava o amor: muito amor! Raquel era bolsista num colégio particular e a maioria das colegas a rejeitava. Tinha apenas quatro amigas, poucas, mas fiéis!
Naquele ano as cinco amigas completariam 15 anos, Raquel era a primeira delas, data que sua mãe, desde que ela nasceu, vinha programando e economizando para dar uma festa digna de uma princesa. E corriam os preparativos: salão de festa, buffet, até cerimonial... O vestido seria um presente da madrinha e estava sendo guardado o maior sigilo: Raquel e sua mãe só sabiam que era vermelho, cor preferida da menina e que queria fugir do branco, rosa ou lilás!
Apesar das poucas amigas, os pais de Raquel fizeram questão de convidar todas as colegas de classe e os professores da menina. No dia em que distribuiu os convites, Raquel ouviu algumas gracinhas ditas pelo canto das bocas: “Imagina a festa do ‘patinho feio’?” “Será que vão dançar quadrilha?” O veneno escorria entre as cadeiras... Uma de suas amigas ia tomar satisfações, mas Raquel a impediu de arrumar briga.
O grande dia chegou, que dia comprido... Raquel foi se arrumar na casa da madrinha e chegaria ao salão de festas quando todos os familiares já estivessem lá. Raquel quase desmaia quando viu o vestido e, maquiada e penteada, não conseguia deixar de se admirar ao espelho... Linda, uma princesa!
Chegaram ao salão e, ao sinal do cerimonial, a princesa entrou sob a admiração de todos.


A festa foi um sucesso e as colegas snobes, ficaram sabendo de tudo pelas amigas e professores de Raquel. E termino esse conto com a minha frase:

Raquel não estava linda; ela estava exuberante!


14 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
A vida dá rasteiras em quem nos esnoba... perfeito!
Bjm fraterno

Clau disse...

Exuberante está o seu texto também!
Parabéns pela criatividade,
ficou bonito e dinâmico o conto!
Beijos Tetê e ótimo fim de semana :)

Anete disse...

Que participação lindona, Tetê! Gostei da história de Raquel!! Surpreendeu e a beleza maior dela, certamente, vinha de dentro!...
Gosto demais de vermelho!
Bjs e o meu carinho...

✿ chica disse...

Que beleza e Raquel esbanjou exuberância enquanto as "amigas" nem chegam perto de a ter! Legal! Adorei! beijos, obrigadão por brincar e esperamos poder voltar a brincar cheias de alegria quando der! INTÉ!!! chica

Zilani Célia disse...

OI TETÊ!
LEGAL TUA FORMA DE PARTICIPAR LÁ NA CHICA, UM CONTO E UMA BONITA FRASE COMO FECHAMENTO, GOSTO MUITO.
ABRÇS
-
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Arlete Mourige disse...

Oi Tete!Linda tua história e a frase também. Bom fim de semana.Geijos

Ane disse...

Oi Tetê! Que legal,você fez um conto!Adorei!A melhor resposta que Raquel poderia ter dado para as más linguas,estava exuberante de tão linda!Beijos!

Rosangela Vali disse...

Olá Tetê!
Criatividade em ação.Ficou exuberante a sua participação.Raquel deu um show.Parabéns!
Tudo de bom e até mais!

Nal Pontes disse...

Hum! Que bela e exuberante participação. Parabéns! Um dia lindo prá ti. Bjs

Gracita disse...

Mais do que exuberante o seu conto Tetê.
É magistral e a frase fecha a história com chave de ouro
Parabéns! Arrasou na participação
Beijos

Zulmira Romariz disse...

Que bela princesa Tetê, bela história e terminou como devia, bom final para esse exuberante
e lindo conto, beijos amiga, boa semana

Lucia x disse...

Tete,
Belíssimo conto e gostei muito da maneira que fez o fechamento.
Excelente! Bjs e feliz semana!

Marineide Dan Ribeiro disse...

Lindo seu texto! A exuberância esteve presente!
Parabéns!

Um abraço!

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi amiga!
Atrasada mas cheguei! rsss
Mas que ótimo texto de participação!
Adorei do começo ao fim, e leva muito jeito!!
Um beijão, e boa semana!
Mariangela