sábado, 31 de janeiro de 2015

A verdade dura e crua!

Um aumento das chuvas na Península Antártica está acelerando o degelo de geleiras como a Sheldon, que diminuiu 2 km, em 20 anos, e está aumentando ligeiramente os níveis do mar.
"A chuva é muito corrosiva para as geleiras e ao menos, em parte, é responsável pelo seu recuo", disse David Vaughan, glaciologista britânico da Investigação Antártica, a bordo de uma lancha rápida e inflável em uma baía que já esteve coberta por gelo durante milhões de anos. A geleira tem recuado desde 1989. E o mesmo ocorre com 87% das 400 geleiras na Península Antártica. O gelo se quebra quando rochas de 70 metros de altura da parte dianteira da geleira Sheldon desmoronam, algumas com uma cor branca azulada. Os icebergs quebram algumas vezes no mar, onde nadam os pinguins e as focas.

Vaughan disse que a chuva está cada vez mais frequente no verão da península e ela está se aquecendo mais rapidamente que qualquer outro lugar do hemisfério sul. A borda dianteira da Sheldon - uma pequena geleira comparada com outras comuns na Antártica - diminui 2 km desde 1989, aparentemente por causa do aquecimento global causado pelos gases de efeito estufa emitidos quando se queimam combustíveis fósseis, explicou Vaughan e acrescentou que haviam sinais de preocupação, porque as grandes geleiras do sul também estavam começando a jorrar mais água para o mar: "O degelo das geleiras da ilha Pino, a uns 500 km ao sul, também está acelerado". 
Fonte: JB Online


10 comentários:

✿ chica disse...

Um problema anunciado, desprezado por tantos e agora estamos vendo mais de perto! bjs, chica

Clau disse...

Gostei desse diagrama, e também das
informações precisas. São preocupantes, porém reais.
Tetê, este ano meu tempo estará mais escasso,
postarei menos. Entretanto não abrirei mão de visitar meus blogs preferidos \o/
Bom fim de semana, bjs!

Zulmira Romariz disse...

Infelizmente somos maus inquilinos,
não cuidamos do nosso lar comum,
a terra, qualquer dia o senhorio,
despeja-nos a todos, beijo amiga

Anete disse...

Precisamos abrir os olhos, não é mesmo?!
Sempre é tempo de despertar e fazer algo pelo nosso planeta!...

Um abraço e boa noite...

Ane disse...

Oi Tetê! Menina, isso parece longe de nós mas acaba nos afetando, cedo ou tarde...
Ei, tô me animando pra me mexer, ontem calcei meus tênis cheios de poeira do tempo e fui subir e descer as escadas do prédio...Nossa, me cansei pra caramba...Um beijo!

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
Não gosto nada de ficar no pessimismo (ou realidade crua e nua) mas é o jeito aceitar a situação do Planeta...
E... orar muito...
Bjm fraterno

Zilani Célia disse...

OI TETÊ!
PENA SERMOS IRRESPONSÁVEIS E NÃO DARMOS OUVIDOS AO QUE A NATUREZA ESTÁ NOS FALANDO TODOS OS DIAS, PAGAREMOS POR ISSO, NA CERTA.
ÓTIMO TEXTO.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Luma Rosa disse...

É Tetê... a vida é uma festa mas o gelo está acabando!
Desculpe a brincadeira, pelo assunto ser tão sério. Os cientistas acham que não é somente o aquecimento global que vem desgelando as calotas polares e o gelo das cordilheiras, e que isso vem acontecendo gradualmente como um processo natural de envelhecimento. A NASA também afirma que o processo é irreversível... Mais de 200 milhões de pessoas serão atingidas além dos animais marinhos. Mas o que fazem os negociadores da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas quando se encontram em Doha?
Muito mais que a água avançar sobre os continentes, o perigo está no fato de que este peso extra nos oceanos dá as ondas do mar um pouco mais de energia e quanto mais energia houver nas ondas, mais longe a água pode avançar na Terra, o que causam as tempestades com maior número de tsunamis. O ar mais quente que também ajuda ao desgelo também influencia a formação de fenomenos climáticos como o La Niña e El Niño. Quem viver, verá!
:)
Beijus,

Toninho disse...

Um alerta que já vem se arrastando no tempo amiga.
Inclusive com previsões de algumas cidades mergulharem nas aguas dos oceanos, inclusive no Brasil.

Bela informativa postagem, a gente ja estava esquecida desta critica situação.
Um abração.

Clau disse...

Oi Tetê,
Passando pra desejar um bom fim de semana :)
Bjs!