quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Previna-se das dores da alma

As dores da alma não deixam recados, imprimem uma sentença que perdura pelos anos: um amor que acabou mal resolvido, um emprego que se perdeu inexplicavelmente, um casamento que mal começou e já terminou, uma amizade que acabou com traição, tudo vai deixando sinais, marcas profundas. As dores da alma não saem no jornal, não viram capa de revista, e só quem sente, pode avaliar o estrago que elas causam.



Como não existe vacina para amores mal resolvidos, nem para decepções diárias, o que vale é a prevenção, então: ame-se para amar e ser verdadeiramente amado, sorria para que o mundo seja mais gentil, dedique-se, para que as falhas sejam pequenas, não se compare a ninguém, você é único, repare nas pequenas coisas, mas cuidado com as grandes que às vezes estão bem diante do nosso nariz e não enxergamos.
Pe. Marcelo Rossi 


6 comentários:

✿ chica disse...

Essas são sores que nem avisam mandam.Chegam silenciosas e vão tomando espaço,SE DEIXARMOS! bjs, chica

Clau disse...

Oi Tetê :)
Pe. Marcelo foi muito feliz ao escrever esse texto...
As dores da alma demoram pra cicatrizar.
A prevenção é válida,
entretanto algumas dessas dores,
são quase impossíveis de serem prevenidas, pois às vezes a culpa nem é nossa.
Bjs!

Sonia Tolfo disse...

Um belo texto do Pe. Marcelo!Sábias palavras!Obrigada pelo comentário no mattiva, adorei te ver por lá1
Abraço!
Sonia

Anete disse...

Prevenir é bem importante!
Dores na alma são dolorosas e precisamos mesmo do Bom Pastor para nos ajudar nas prevenções e restaurações...

Linda mensagem, Tetê!
Boa Noite... Um abraço...

(Gostei do seu comentário no Ciranda. A Paula respondeu por lá a vc!)

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Uma linda e verdadeira mensagem Tetê!
um excelente fim de semana para ti.
abração com carinho

Bell disse...

Precisava ler uma mensagem bonita assim...

bjokas =)