quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Recordar é viver...


Vive o dia de hoje que Deus te dá, ele te pertence; vive no Senhor. O dia de amanhã pertence a Deus, não é teu. Não leves para amanhã a preocupação de hoje. O amanhã é de Deus, entrega para Ele.


O momento presente é uma frágil pontezinha: se carregas o arrependimento de ontem e as inquietações pelo amanhã, a ponte cai e te afundas na água do rio. O passado? Deus perdoa; o futuro? Deus o dá. Vive o dia de hoje em comunhão com Ele”. (autor desconhecido)


Ontem, Noêmia - vizinha e colega de alongamento - postou no facebook a alegria de estar comemorando 1 ano que mudou-se definitivamente para Araruama. A alegria era tanta que me contagiou, parei tudo e fui até a casa dela pra dar um beijo. Ela tinha até bolo confeitado! Entrei, tomamos café com bolo. Ela perguntou quanto tempo eu já morava aqui e respondi que uns 10 anos +ou-... Voltei pra casa e fiquei tentando lembrar ao certo quando mudei pra cá, a memória não ajuda... Mas, esse ano faz 10 anos que eu me aposentei e eu trabalhei um tempo em Cabo Frio e aqui em Araruama... Fiquei encucada com isso e o jeito foi pegar a “caixinha das pequenas grandes alegrias” e procurar entre as anotações que eu vou depositando ali desde o ano de 1984.
Fiquei remexendo a caixinha e relembrando coisas incríveis! E encontrei a pagela do Sagrado Coração de Jesus do dia em que me mudei definitivamente para Araruama: 26/10/95 - 18 anos! E bastou lembrar a data para esse mês de outubro voltar inteirinho à minha mente... Eu me determinei a conseguir minha transferência, minha irmã já tinha conseguido a transferência dela no início do ano e ela e minha mãe já tinham se mudado pra cá, eu vinha aos finais de semana, louca pra vir de vez, mas só tinha vaga em Cabo Frio e eu queria aqui em Araruama. Naquele mês eu resolvi que viria mesmo para trabalhar em Cabo Frio e dia 18/10 recebi minha transferência: minha carta de alforria!

Hoje, voltando da caminhada, passei na porta da Noêmia, vi que já tinha movimento, chamei e disse a ela minha descoberta! E ela tem razão: é uma data a comemorar, pois minha vida mudou radicalmente e para melhor! Ganhei em saúde, bem estar, passei a ver as coisas com outros olhos... só ganhei! E ano que vem, vou fazer uma festa para comemorar os 20 anos!


E, quanto à caixinha, preciso remexer mais vezes nela... me fez muito bem relembrar fatos e pessoas queridas! 


3 comentários:

✿ chica disse...

Realmente foi um grande achado e esses anos que estás aí em ARARUAMA devem ser comemorados mesmo:qualidade de vida vale muito!!Não se pode esquecer!! beijos praianos,chica

Mira disse...

É Tetê, o tempo passa, nem damos
conta, Araruama fica em que parte
do Brasil? estou curiosa, deve ser
tipo paraíso, beijo amiga

Edite disse...

Olá tetê, primeira vez que visito sua página que é realmente estimulante. Textos que edificam e e muito bom encontrar blogs assim. Bjs. Voltarei mais vezes. Se puder, faça-me tb uma visita em qualquer uma das minhas páginas. Será bem vinda!