sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Devagar... devagar... devagarinho!

Agora estou no ritmo do Martinho da Vila: “É devagar... é devagar... é devagar, é devagar, devagarinho...” e é promessa de ano novo: em 2014 vou usar sapatos e não patins! Porque tem horas que eu me sinto andando de patins, quase voando! E isso não faz bem, eu sei!

Na quarta feira (18) a chuva começou forte e de madrugada. Choveu forte o dia inteiro e eu estava pensando em ir para as minhas últimas compras antes do Natal, não pude ir... Ontem também choveu, mas com menos intensidade e, consegui que o Mô me levasse de carro, então foi rapidinho! A lista que eu fiz para a quarta, cresceu até a quinta e, acreditem, hoje me dei conta de que esqueci de comprar dois itens! Deixa quieto que eu não vou voltar para o supermercado de jeito nenhum!
Hoje, um belo sol - ontem à tarde o tempo já tinha limpado - e aproveitei para a caminhada com direito ao bronzeado. A caminhada pra mim é um santo aditivo: os dias que não caminho, fico mole, sonolenta, preguiçosa! Se caminho de manhã depois do café, o dia rende! Eu já chego em casa numa disposição de dar gosto!

Nesses dias que faltam para o Natal, vou me concentrar no que é essencial.


Muitas pessoas confundem o essencial com o fundamental.
O essencial é aquilo que dá sentido à vida: amorosidade, amizade, fraternidade, sexualidade, religiosidade, lealdade, vitalidade... Por sua vez, o fundamental é o que nos ajuda a chegar ao essencial: trabalho, ciência, técnica, ferramentas, bens materiais, dinheiro...
Dinheiro não é essencial, é fundamental. Sem ele as dificuldades são imensas, mas ele por si nada representa na essencialidade; carreira é fundamental, mas de nada adianta se obscurece o essencial.
Por isso precisamos ficar alerta: estamos dando muita atenção ao fundamental e deixando de lado o essencial!”
Mario Sergio Cortella


Estou partilhando a novena de Natal que estou fazendo. Se quiser fazer comigo é só clicar aqui.


4 comentários:

Anne Lieri disse...

Tetê,concordo com vc! Na correria do dia a dia muitas vezes deixamos para trás o essencial e essa época nos alerta para isso,pra mudar nossas prioridades! Adorei!bjs,

Jô Turquezza disse...

Menina, que correria, né?
Parece que o mundo vai acabar e temos que fazer tudo antes rsrsrsr
Mas depois que passa ........relaxamos.
Férias, mesmo não viajando.
E vamos preservar as amizades queridas!
Beijos amiga.

Ani Braga disse...

Mais uma vez, quero agradecer pela generosidade das visitas e comentários em meu blog, pelo carinho e pela presença tão estimada durante esse ano de 2013 e desejar que você tenha um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações... Que nossa amizade se fortaleça no ano de 2014 e que ele seja especial para todos nós...

Beijos
Ani

http://cristalssp.blogspot.com.br

Clau disse...

Oi Tetê,
Acho que desde o começo desse mês já estou nesse clima de:
♪É devagar... é devagar... é devagar, é devagar, devagarinho...”♫
Que texto mais lindo esse do Mario Sergio Cortella,achei o máximo,e concordo em gênero,número e grau com tudo que está contido nele.
Olha,volto só em janeiro e então aproveito para
desejar boas festas e um ótimo natal.\o/
Que 2014,seja uma porta aberta para novos sonhos
e renovações de fé pra vc e os seus.
Bjs!