quarta-feira, 25 de setembro de 2013

"Alô, alô, ouvintes!"

A televisão vai acabar com o rádio”, dizia-se nos anos 60... Não aconteceu, assim como a internet não vai “matar” a televisão.


O ser humano tem grande necessidade de comunicação, e todos os veículos são úteis, desde que passem a boa informação. O rádio, no Brasil, começou em 1923, pouco mais de seis meses depois das comemorações do centenário da nossa independência. Ele sempre foi considerado um instrumento de melhoria da cultura popular, com seus programas de auditório, musicais, radionovelas e noticiários.
25 de setembro – hoje – é o Dia do Rádio e da Radiodifusão: data do nascimento do seu fundador e principal difusor, Edgar Roquette Pinto. Ele, preocupado com a educação de nossa gente, dizia: “A radiodifusão deve oferecer ao povo um pouco do que ele gosta e muito do que ele precisa”. Chico Alencar, autor de Educar na esperança em tempos de desencanto.


Eu sou fanzoca do rádio! Quem me conhece sabe: não consigo ficar parada em frente à TV e o que eu mais gosto no rádio é que ele me deixa livre pra fazer mil e uma coisas enquanto o escuto! De manhã, preparando o café fico ligada na GLOBO AM, ouço as notícias, as fofocas da Jujú... me divirto com as simpatias da Pudica! E Mô diz que se tivéssemos vizinhos eles me teriam como louca, pois eu falo com o rádio! rs...rs...rs... À tarde, fico com uma rádio local – Rádio Costa do Sol – que tem uma programação musical muito boa, com flash back que amo de paixão! Agora mesmo estou aqui ligada!
E o rádio me traz boas recordações... meu avô paterno tinha um rádio de válvulas e que quando eu era pequena ainda funcionava... cheio de ruídos e interferências, mas funcionava e era atração quando íamos visitá-lo. Lembro do meu pai, apesar de ter TV, ir para o quarto ouvir “Balança Mais não Cai”! O rádio é um velho amigo!


E o tempo não colaborou nadica de nada comigo ontem... que chuvarada! E não adiantou sair cedo de casa porque as coisas não fluíram... Fui à livraria pegar um livro que encomendei em 10/9: dia 17 fui buscar, veio errado e ontem, depois de me ligarem na segunda avisando que o livro certo já estava na loja, cheguei lá e era ainda o livro errado! E ainda perdi tempo esperando que procurassem o livro. Uma das moças disse que o livro estava logo em cima na prateleira; ela, a outra moça e o rapaz procuraram a prateleira toda, olharam embaixo do balcão e não iam nunca encontrar o livro... Debaixo de chuva cruzei o centro da cidade por nada? Rodei a baiana! Cancelei o pedido! Não quis saber de desculpas, ligar pra me avisar que o livro chegou, me fazer caminhar debaixo de chuva e nada! Imperdoável!
E, com mais raiva fiquei por ter ensopado os pés (como tem poça d’água nessa cidade...) e não poder comprar a sandália que eu estou namorando... E na volta da livraria ainda caiu uma pancada tão forte de chuva que o guarda chuva não dava conta, tive que parar numa marquise e esperar que melhorasse. Cheguei para a reunião em cima da hora! Minha cabeça parecia que ia explodir... deixei minha caderneta na fila da pesagem, desci e tomei um café... e perdi uma segunda chance de comer bolo verde de limão... mas está congelado e vou saboreá-lo, mais cedo ou mais tarde, ele vai para o papo! Ele não perde por esperar!

Hoje, Mô de folga, fomos para o alongamento, caminhei contra o vento e a favor dele. Pelo menos chuva, não! Depois fomos ao supermercado e levamos minha mãe para experimentar a comida no boteco preferido dele! Pior é que a comida é gostosa mesmo! E minha mãe, claro, adorou! Depois fomos “queimar calorias” no lojão de 1,99 que ela ainda não conhecia... Festa total!

Gente... a chuva está caindo! Que tanta água é essa? Ô louco!

Agora é torcer pra que amanhã de manhã não chova, pois meus planos são ir ao centro procurar o vestido para a festa do meu afilhado e comprar a sandália... o vestido vai me dar trabalho, pois tenho o modelo desenhado na mente e, apesar de ser um modelo básico, pode ser que precise bater pernas! A sandália está garantida, ontem namorei ela mais um pouquinho... Vamos ver se dou sorte!


2 comentários:

✿ chica disse...

Eu acordo durante a noite e se não consigo dormir, já estou no radinho, bem no ouvido escutando os acontecimentos,, Adoro rádio!

Achava tão estranho isso na minha mãe e ela parou e eu estou assim. Tomara pare a cuva por aí e que arrumes o vestido e compres tuas sandálias! beijos,tudo de bom,chica

Clau disse...

Oi Tetê,boa noite!
Nada como um dia após o outro...
Faço votos que amanhã tudo possa fluir em sua vida!
Bjs \o/

P.S:Não sabia que hoje é dia do Rádio.Gostei do texto falando sobre esse assunto.
Eu gosto de ouvir FM!